O Sentido da Vida:

O SENTIDO DA VIDA: Antes da queda do homem no jardim do Éden o sentido da vida era viver o presente com o Criador.
Hoje o sentido da vida é fazer Teshuvah para garantir o futuro com Ele. (Rosh Yehudah)

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Behar (No monte) / Bechucotai (Em meus Estatutos)

Behar: E quando empobrecer teu irmão e encostar sua mão sobre ti, deterás sua decaída... (Levítico 25:35)

Então, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da fé.
Shaul Hashaliach (Gl 6:10)
A Torah nos ordena a fazer Tsedacah (caridade). Mas, por que fazemos? Para que os outros vejam e assim nos sentirmos melhor e mais justo diante de uma sociedade hipócrita? Ou, tomado de compaixão quando vendo o necessitado o ajuda, demonstrando amor e temor a D-us.

Guardai-vos de praticar vossos atos de justiça diante dos homens, para serdes vistos por eles... Quando deres esmola, não faças tocar trombetas diante de ti, para serem glorificados pelos homens... Mas quando deres esmola, não saiba a tua esquerda o que faz a tua direita.
Rabi Yeshua (Mt 6:1-3)
Não deixa que ele desça e caia e então ficará difícil levantá-lo, senão fortaleça-o desde o momento em que estender a mão, pois ainda de pé uma pessoa pode segurá-lo, mas caindo, nem cinco pessoa poderá levantar (Rashi, Levítico 25:35).
Maimônedes instituiu oito níveis de tsedacah:
8º O nível mais baixo: Quando se dá de má vontade (avareza, sente incomodo com o ato).
7º Quando se dá menos do que se deve, porém com alegria.
6º Quando se dá ao pobre, logo que ele pede.
5º Quando se dá ao pobre sem que ele tenha pedido.
4º Quando se dá indiretamente. Quem recebeu sabe de quem é, mas que deu não sabe quem recebeu.
3º Quando quem dá sabe quem recebe, mas este não sabe quem deu.
2º Quando nenhum dos dois sabe quem é o outro.
1º O nível mais elevado: Ajudar à pessoa a sustentar-se, antes que empobreça, ou oferecendo-lhe um donativo de uma maneira digna (aceitar como sócio, arrumar um trabalho, etc).

Bechucotai: Se nos Meus estatutos andares e Meus preceitos guardares e os fizerdes, darei a vós as vossas chuvas a seu tempo, a terra dará o seu produto e a árvore do campo dará o seu fruto. (levítico 26:3-4).
Que sejamos merecedores das dádivas do Eterno cada qual a seu tempo. Amen!

3 comentários:

Anônimo disse...

De que forma a CINA faz caridade aos irmãos empobrecidos e necessitados??

Eliahu disse...

Excelente postagem. Tsedacah, um ato aparentemente simples de se praticar mas que quando feita de forma alheia perde sua natureza. A postagem nos conduz a uma flexão sobre o nosso ato de fazermos Tsedacah, visto que não é simplesmente o ato de doar. A forma como praticamos é que irá qualifica este ato e nos mostrar pela nossa conduta se estamos agindo de forma correta. Levítico 25:35, muito bem citado, nos conduz a uma reflexão profunda acerca do ato de fazermos Tsdacah e ao mesmo tempo a adimirarmos e nos espantarmos com a sabedoria do nosso criador.
O autor está de Parabéns.

Marli Ysraella disse...

Tenho uma grande admiração e respeito pela seriedade da conduta de pregarem o verdadeiro Evangelho!! Me perdoem estou bem alheia a certas palavras usadas por vcs,mas no meu íntimo eu as entendo!! Portanto endoço o comentário postado anteriormente,pois eu também achei uma ótima postagem!!O verdadeiro povo de DEUS O ETERNO tem que na prática da obediência,caridade,conduta,enfim... fazer a diferença!! Receba meu carinho carinho e agradecimento pela ótima postagem!!

SEJA BEM VINDO!